Final de ano sempre é a mesma história: vem o período de festas, férias e viagens e acabamos mudando nosso hábitos rotineiros principalmente no quisito alimentação. O corpo acaba sofrendo as consequências e precisamos ter uma saída para não sacrificá-lo ainda mais.
Ao longo do tempo, vamos produzindo muitas toxinas para o corpo através da alimentação, dos pensamentos e emoções. Um descanso para o organismo é necessário de vez em quando para que nossos orgãos também possam tirar umas férias merecidas e trabalhar menos.
A Detox, como ficou conhecida hoje, pode ser traduzida como desintoxicação alimentar ou dieta anti-ama(toxinas). Este processo é milenar e utilizado pela medicina ayurvedica.
A primeira vez que fiz a dieta foi em 2008 quando fiz um tratamento ayurvedico completo( panchakarma) que consiste além da dieta, limpeza interna dos orgãos necessários e massagens. Depois do tratamento, é necessário que você mantenha outro tipo de dieta com relação ao seu tipo físico( doshas). A avaliação do seu tipo físíco( kapha, vata e pitta) é feita por um profissional especializado em medicina ayurvedica.
Por isto a detox não é uma receita de bolo, o terapeuta ayurvedico analisa qual será a necessidade de cada um e quantos dias de desintoxicação são necessários.
Através dos anos seguintes, procurei ler e entender um pouco mais sobre o ayurveda e hoje consigo identificar quando eu preciso me desintoxicar, buscando assim, cuidar mais da minha alimentação.
Não tenho pretensão nehuma de prescrever nehuma fórmula ou dieta , apenas de compartilhar e contar minha experiência e como coisas simples podem mudar a forma de se alimentar e naturalmente mudar os hábitos diários.
 Acordo de manhã, limpo minha língua  para eliminar as toxinas que são produzidas quando estamos dormindo e tomo um copo de água morna com limão para limpar o organismo e ativar o fogo gástrico para futura disgestão. Este hábito não precisa ser feito somente na detox, pode ser tomar um hábito diário muito suadável.
Os alimentos que NÃO devem ser utilizados na detox são chás estimulantes, café, açúcar de qualquer espécie, farinha branca , carnes, frutas secas, frutas oleaginosas, produtos de origem animal como ovos e derivados de leite. O unico derivado de leite que pode é o Lassi, bebida feita a base de yogurte e água sem misturar com frutas! Pode adicionar na bebida mel, cardamomo ou canela. Fica uma delícia!  Os alimentos quentes, devem ser preparados com a manteiga clarificada(ghee). Eu costumo usar para temperar também o alho-poró que é super indicado para estes dias e as especiarias indianas e gengibre. A folhas para tempero também são muito bem-vindas como manjericão, hortelã, louro, coentro…
No café da manhã, pode comer pão integral( composto somente de farinha integral, sal e fermento) torrado com ghee e mel , chá de ervas e frutas que não sejam frutas que liberam toxinas( banana, manga, fruta do conde , abacate, coco, figo, laranja…)  Frutas indicadas: abacaxi, mamão, morango, uva, goiaba, maçã, tangerina…  Pode também ser feito um suco verde que já tem muitas propriedades nutritivas.
No almoço, para simplificar, costumo fazer um massa integral com ghee, alho-poró, cenoura e abobrinha. É bem rápido e bem gostoso! As folhas verdes tb são indicadas ( alface, rucula., chicória…) temperadas somente com sal e limão. Arroz basmathi ou Thai e o integral também podem ser feitos com legumes. Lembrando que alguns legumes não são indicados( batata, aipim, berinjela, tomate…) O unico feijão indicado é o feijão Moyashi (feijão verde). Lentilha somente a libanesa(rosa). O Kichari é um prato ayurvedico muito indicado na dieta anti-ama, pois possui todos os nutrientes e rende um boa quantidade.
As bebidas não são indicadas durante a refeições, por isto após as refeições, costumo tomar um chá de ervas para auxiliar a digestão.  Fora das refeições pode fazer sucos das frutas indicadas , água a vontade e água de coco.
Quando tenho um pouco de fome a tarde, costumo fazer um pão de aveia com ghee ou um lassi com mel e canela. Sempre lembrando que o lassi é indicado tomar até as 18h.
A noite, preparo sempre uma sopinha que pode ser de abóbora com gengibre ou manjericão, inhame com alho-poró e espinafre ou ervilha partida.
Costumo fazer a dieta durante três a quatro dias e me sinto muito bem. O mais importante é saber ouvir o seu corpo e suas necessidades. Indico para tirar dúvidas sobre como preparar e saber mais sobre os alimentos, o blog da minha amiga Laura Pires: buscadaessencia.blogspot.com. Aprendi muito com ela e sei que sou iniciante neste vasto caminho, mas se conseguirmos mudar e melhorar de alguma forma trazendo saúde, já estaremos fazendo a diferença!
Namastê!

Pin It on Pinterest