Depois de ter passado final de ano maravilhoso em Santo Andre, Bahia, desfrutando de praticas de ashtanga e curtindo aquele paraiso de cidade, chega o momento de recolhimento e estudo.  Dificil deixar as pessoas que amo e praticar o desapego. Por outro lado , sei o quanto é importante estar aqui. Tenho percebido agora o quanto e necessário este tempo de recarregar as baterias, aprofundar os estudos e me tornar somente aluna.  Este tempo precioso, me dá forcas para continuar minha jornada dentro do yoga.
Enfim, Mysore! Que saudades eu estava deste lugar! Como explicar tanta saudade…  Chegando aqui , a princípio, tudo continua o mesmo.  Foram dois anos atras, mas parece que foi tao recente…Ando pelas ruas reconhecendo e relembrando cada momento da experiencia passada.
Chegando no Instituto para fazer a minha inscrição, percebi como algumas coisas mudaram… o mes de janeiro está lotado e meu horário de prática é as 10h! (Da outra vez cheguei nesta mesma data e meu horário era as 7.15h….) Tem mais pessoas vindo a Mysore… Pessoas de tudo quanto é lugar, Russia , Polonia, China, Japão, Austrália…. enfim uma mistura de raças e culturas.
Uma coisa que realmente não mudou: a energia do shala. Que energia!  Colocar meu tapetinho e começar a praticar. Tudo flui tao rapido! Um misto de felicidade com saudade de estar ali.
A tarde resolvi fazer novamente o curso de Sanscrito e Bhagavad Gita. Como nao pratiquei nesse tempo no Brasil o que eu ja tinha aprendido, repeti o nivel 1, mas sempre é bom relembrar e ouvir de novo.
Nesta vez compartilho a viagem com alguns companheiros, pessoas bem queridas , algumas que ja conhecia e outro que só conheci agora na viagem. Sinto-me feliz também de estar orientando a viagem e ajudando-os no que for preciso. A troca de experiências e a companhia é muito válida.
Enfim, aqui estou eu novamente feliz e agradecida por ter a oportunidade para retornar para esse lugar tão especial. Espero durante este tempo poder compartilhar mais novidades desta nova experiência.
Namaste!

Pin It on Pinterest