Já se passaram duas semanas que estou em Mysore e como o tempo aqui passa rápido! Muitas novidades, muitas mudanças e muitos aprendizados.
A primeira semana é sempre de adaptação: fusorário, clima , novo lar, novos hábitos, comida diferente… enfim o corpo começa a sentir os efeitos da nova rotina e estranha um pouco. Mas isso é mais que normal como em qualquer viagem.
Em relação à pratica de asanas, na primeira semana  fiz somente a Primeira serie. Foram 7 dias para trazer aterramento para o corpo e mente. Em viagens, acabamos ficando muito vata(ar) Desequilibrio em vata nos deixa mais dispersos, com o corpo mais duro e orgãos da região do baixo ventre mais sensiveis . Resolvi entao fazer uma masagem abhyanga a 4 mãos para tirar as toxinas do corpo e deixa-lo mais relaxado.
Na segunda semana , ja me senti mais adaptada , fusorário em dia, e comecei a fazer a série até a onde eu parei da outra vez. Meu horário é as 10h, um pouco tarde para mim, mas comecei a ver o lado bom de estar praticando neste horário. Como os alunos vão terminando, me saindo, no final a sala fica mais vazia e o Sharath consegue te dar mais atenção. Percebo que aqui a conexao é muito mais intensa, não importa quantos asamas eu faço, mas sim como o realizo, a presença total e estabilidade na mente.  Como a sala é  muito cheia e tem muitas distrações,tento buscar mais atenção para dentro através do dristis, respiracao e bandhas. Chega um determinado momento que nada ao redor me importa e nesta hora sinto realmente o yoga presente.
Além das aulas diárias de asanas, temos aulas de “Chanting”( canticos) três vezes por semana. Nesta aula aprendemos alguns mantras vedicos como Shatimantra e forma correta de falar os nomes das posturas e os números em sanscrito. É muito importante estar concentrado para realizar a pronuncia correta . A fonética do sanscrito é muito poderosa. E como fazer asanas! Presença total, se pensar em algo no meio, as palavras se perdem.  Como meu horário é mais tarde, ja saio da pratica direto para aula esta aul. Suada e sedenta mas cheia de enegia!
Segundas, quartas e sextas na parte da tarde, estou fazendo aula de sanscrito e Hatha yoga Pradhipka. Nas aulas de sanscrito aprendemos a ler e escrever em devanagri. É  bem interessante entender sobre esta lingua tão diferente da nossa, simbolos, sons  e regras tão particularese e tão interessantes. Após esta aula, iniciei esta semana as aulas de Yoga Sutras. Recitamos  os sutras a serem estudados e depois o professor incia a explicação. Percebo que mesmo ja tendo estudado e ouvido o mesmo assunto, a compreensão é sempre melhor e mais clara. É como ver um filme mais de uma vez que conseguimos perceber melhor cada detalhe.
Enfim, tenho tido dias bem produtivos de muito estudo e muita entrega. Chego aqui na terceira semana com um gostinho de querer aprender mais e mais neste vasto do mundo do yoga. Feliz de saber o quanto tenho para investigar e saber.
Namaste!

Pin It on Pinterest